Blog

descer
17 dezembro, 2015

A Mutativa decidiu desconectar!

BlogSiteMutativa1712

Quando foi a última vez que você conseguiu ficar um dia inteiro off-line? Sem internet, sem ligações, sem nem um mísero SMS de publicidade invasiva?

 

 

Desconectar é preciso! E, não tem nada a ver com a decisão judicial que bloqueou o Whatsapp por algumas horas (nem deu pra sentir o impacto de desconectar da rede social mais utilizada no Brasil). Estamos falando de desligar, desligado. A Mutativa decidiu desconectar.

 

 

Esse é o último post do ano que escrevo, a partir da próxima semana estarei off-line, celular totalmente desligado por algumas semanas, sem Whatsapp meeeeesmo, sem Face, Instagram, e-mail, sem nem ligações e SMS. Por quê? Porque desde que comecei a jornada para criar a Mutativa, em março desse ano, passei boa parte do meu tempo conectada, atenta ao que acontecia no mundo virtual, preparando conteúdos que pudessem ajudar os seguidores da Mutativa de alguma maneira, postando aqui, acolá, gerando uma reflexão, um insight, um novo passo para uma nova caminhada, para novas conquistas, enfim, dando vida à Mutativa e ensinando ela a engatinhar.

 

 

Agora é tempo de descansar a mente e o coração, para preparar um novo ano especial para cada um de vocês (nós) que busca sair da inércia, abandonar o piloto automático e ativar o seu potencial para o despertar para a mudança, aquela mudança capaz de fazer de você uma pessoa melhor, fazer seus sonhos se tornarem reais, fazer sua empresa um lugar melhor para trabalhar, fazer dos bons hábitos pessoais e organizacionais uma constante na sua vida, enfim, fazer com que os seus resultados e do seu trabalho sejam melhores.

 

 

Decidi desconectar do virtual para me conectar mais comigo, com a minha família e com a natureza, e faço um convite a cada um de vocês, reserve seu tempo off-line. É preciso se desconectar para se conectar. Silencie o burburinho das redes sociais, silencie o som incessante das mensagens, silencie a avalanche de notícias, silencie a enxurrada de conteúdos que você não precisa, mas mesmo assim olha.

 

 

Acima de tudo, silencie sua mente, desapegue-se de pensamentos barulhentos que tiram sua paz, desapegue-se dos sentimentos egoístas, desapegue-se da competição com o outro, desapegue-se de tudo aquilo que você não precisa para ser feliz, desapegue-se das relações que te contaminam, desapegue-se do ostracismo e da procrastinação, desapegue-se da mágoa e do rancor, desapegue-se do apego e abra espaço para o novo, para que 2016 seja de mais paz de espírito, de mais protagonismo, de mais pró atividade, de mais partilha e colaboração, de mais sonhos e união, de mais amor e autenticidade, de mais abundância e prosperidade.

 

 

Reserve seu tempo off-line e aproveite cada minuto dele para se conectar com a sua essência, com a sua real verdade, essa conexão única é que vai te ajudar na conexão com os outros e na conexão com seus mais profundos desejos, para que seja possível torna-los reais. Acredite, saia do piloto automático, aproveite esse momento de transição, abrace com amor, coragem e determinação as mais de 365 novas oportunidades que chegam em alguns dias. Desconecte-se para se conectar!

 

 

**Já baixou nosso presente de Natal para você? Ele está te esperando nesse post aqui.

 

 

Escrito por Deise Warken.

Que tal? Esse texto te fez pensar, você concordou, discordou?
Vou adorar saber sua opinião! Comente e faça parte desta reflexão.

Comentários

Deixe uma resposta